Círio 2015: Manto de Nossa Senhora de Nazaré é apresentado aos fiéis

Publicado em Atualizado em

Um dos momentos mais importantes e aguardos do Círio 2015, a apresentação do Manto oficial, que vestirá a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré durante o Círio e também todo ano, aconteceu nesta quinta-feira, dia 08, após missa presidida por Dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Belém, na Basílica Santuário.  Toda a Diretoria da Festa, patrocinadores e apoiadores do Círio 2015, além de autoridades eclesiásticas participaram da missa de apresentação.

Manto - Sem descritivo

Embalado pela voz de Dione Colares a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré entrou na Basílica Santuário com sua nova vestimenta em um momento bonito e emocionante que levou os milhares de fiéis presentes a lagrimas e aplausos em louvor a Rainha da Amazônia.   

Para o Arcebispo Metropolitano de Belém o manto com sua importância e significado destina-se a reconhecermos em Maria, Mulher Eucarística, a Mãe que nos conduz  ao Altar de Cristo. “O manto da Imagem Peregrina, que a partir de agora percorrerá tantas estradas da vida dos devotos de Nossa Senhora de Nazaré, feito com muito amor e devoção, destina-se a reconhecermos em Maria, Mulher Eucarística, a Mãe que nos conduz pressurosa ao Altar de Cristo, onde ele se faz Sacrifício, Comunhão e Presença Real” diz.

Pelo segundo ano consecutivo, o casal coordenador do Círio convidou a estilista Stela Rocha para confeccionar o manto. “O Manto da Imagem Peregrina do Círio 2015 nos remete ao título de ‘Maria, Mulher Eucarística’, a Arca da Nova e Eterna Aliança, o Sacrário Vivo do Filho de Deus, a Mãe que fez de sua vida uma permanente ação de graças a Ele, uma permanente Eucaristia, exemplo que nos impele a assim também fazer de nossa existência.”, explicou a estilista.

Tradicionalmente, o manto é guardado em segredo pela Arquidiocese e Diretoria da Festa até a solenidade. Ao final da celebração, foram distribuídos folderes com informações com os significados dos elementos que compõem a peça.

No final da cerimônia de apresentação do manto foi também lançada a 19ª edição da Revista Santuário de Nazaré especial Círio. A nova edição vem cheia de novidades que vai desde o formato a diagramação e edição, tudo para levar informação e evangelização aos fieis da maior festa religiosa do mundo, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Os exemplares da revista estão disponíveis no atendimento da Basílica, na loja Lírio Mimoso e no stand das casas das ceras no corredor lateral da Basílica de Nazaré.

História  dos Mantos – Segundo a lenda do achado da Imagem da Virgem de Nazaré, ela já estava com um manto no momento em que foi encontrada pelo caboclo Plácido. A tradição foi mantida e, ao longo dos anos, ela foi ganhando vários outros. Em 1953, a imagem autêntica recebeu um manto bordado a ouro e pedras preciosas, além de receber a Coroa Pontifícia.  A confecção dos primeiros mantos é atribuída à irmã Alexandra, da Congregação das Filhas de Sant’Ana, do Colégio Gentil Bittencourt. Ela confeccionava o manto e o promesseiro doava o material. Foi assim até sua morte, em 1973. Depois disso, quem assumiu a missão foi a ex-aluna e ajudante, Esther Paes França, que fez 19 mantos. A partir daí, vários católicos e estilistas famosos passaram a confeccionar o manto que veste a Imagem Peregrina para as procissões do Círio.

Descritivo do Manto 2015

A Hóstia e o Cálice – o Sol do Amor

A Hóstia e o Cálice significam o Santíssimo Corpo e o Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Sol do Amor, aqui simbolizado nos raios dourados que Dele transcendem.

Os raios, os cristais e as pérolas

Dos raios dourados que partem de Jesus Eucarístico emerge nuances de luz que se estendem por todo o Manto, em pontos de cristais e em pérolas que compõem o fundo, simbolizando a efusão da luz divina que Dele emana. O Manto de Nossa Senhora, símbolo da proteção espiritual da Mãe sobre nós, seus filhos, é, portanto, revestido da luz do céu.

O “M” de Maria e a Coroa da Rainha

O “M”, situada abaixo da Hóstia e do Cálice simboliza o Santíssimo Nome de Maria, a Aurora Fulgurante da Misericórdia que anuncia o Sol do Amor, Jesus Cristo. A Puríssima Virgem, suave e bela, é a Aurora da nossa Salvação. Sendo Aurora do Sol, Nossa Senhora humildemente coloca-se embaixo Dele, O oferecendo ao Pai, por nós, em supremo culto de adoração, como o faz a cada Santo Sacrifício da Missa. E porque se fez serva do Senhor, foi pela Trindade Santa coroada como Rainha do Céu e da Terra, aqui simbolizada na Coroa acima do “M”.

Os Anjos Adoradores

Situados aos pés de Jesus Eucarístico, ladeando-O, temos dois Anjos ajoelhados em contrita e humilde oração, os quais retratam os Anjos que ladeiam o Sacrário da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, isto é, o Tabernáculo que, na Casa da Rainha da Amazônia, guarda a Hóstia Santa. Os anjos adoradores são, portanto, uma representação de todos os anjos da Corte Celeste, que adoram eternamente o Filho de Deus.

São Miguel Arcanjo na barra do Manto

Inspirados no mosaico do Altar erigido em honra de São Miguel Arcanjo na Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, a geometria da barra do Manto e os arabescos situados nos cantos, remete-nos ao Arcanjo que no grande combate travado no Céu proclamou: “Quem como Deus”? E, assim, com a Espada de Verdade, venceu o mal, tornando-se “O Príncipe da Igreja” e nosso defensor. São Miguel Arcanjo homenageado no mosaico da barra do Manto simboliza, ainda, a sua humildade perante o Deus Altíssimo e a Rainha dos Anjos.

As pequenas rosas

As pequenas rosas que pontuam os arabescos e o mosaico da barra do Manto simbolizam a simplicidade das nossas orações unidas às orações de Maria, bem como as graças alcançadas por sua intercessão.

Dom Vicente Joaquim Zico

O broche que fecha o Manto a frente, traz em alto relevo o rosto de Dom Vicente Joaquim Zico, 8º Arcebispo de Belém, falecido em 04 de maio de 2015. Um mariano por excelência, apaixonado pelo Círio de Nossa Senhora de Nazaré e adorador amoroso da Santíssima Eucaristia, Dom Vicente é aqui homenageado pelo povo do Pará por sua imensa contribuição à causa da Evangelização na Amazônia.

Texto: Wanessa Viana – Ascom Basílica de Nazaré

Source: Site oficial da Basílica santuário de Nazaré titulo-news

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s