Bem-vindo, Dom Pedro!

Publicado em Atualizado em

Dia 20 de maio recebemos, jubilosamente, a notícia da nomeação do Bispo Coadjutor da Diocese da Campanha: Dom Pedro Cunha Cruz, atualmente Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro. Alguns dias antes, Dom Giovanni d’Aniello, Núncio Apostólico no Brasil, telefonara-e para comunicar-me a boa-nova. A carta, informando a nomeação, chegou dia 18 do mesmo mês.

Já na assembleia geral dos bispos do Brasil, em abril de 2014, tive uma audiência com o Senhor Núncio, falando-lhe sobre a possibilidade de contar com um bispo coadjutor. Ele me respondeu: “É possível, mas peça por escrito”. Foi o que fiz, ao voltar a Campanha. A carta foi escrita ao Santo Padre. Nela dava as minhas razões para a solicitação: estava chegando à idade limite (75) e não gostaria de me apegar ao cargo.11101507_845692355478642_164556844355840069_n

Dia 24 de abril deste ano, sussurrei aos ouvidos de Dom Giovanni d’Aniello: “O Senhor, esqueceu de mim”. Ele respondeu: “Não esqueci do Senhor. É que isso não depende só de mim espere mais um pouco!”.

Nem eu sabia que seria aquele que, no plenário da última assembleia sentado à minha frente, junto a outros bispos auxiliares do Rio. Ainda me perguntei: “Será que é um desses aí na frente? Deus é que sabe! Seja quem for será bem-vindo”.  O bonito é que Dom Pedro foi nomeado em maio, mês de Maria, em plena novena de Pentecostes e na semana de oração pela unidade dos cristãos.

 Foi também neste mês que Dom Othon Motta nasceu e foi ordenado bispo. Como ele é nosso coadjutor é carioca. Dom Othon sucedeu a Dom Inocêncio, que era franciscano. Dom Pedro vai suceder a outro bispo franciscano que foi pároco em Ipanema,

“Com certeza, Dom Pedro vem imbuído do espírito do Servo de Deus, para colocar-se inteiramente a serviço do bom povo sul mineiro, nesta Igreja Particular da Campanha.”

no Rio, e lá recebeu a carta do Papa João Paulo II, nomeando-o bispo da sede vacante da Campanha. Serão coincidências? Não; certamente são delicadezas de Deus que tudo faz para o bem de seu povo santo.

Em conversas e telefonemas, algumas pessoas perguntam: “Está feliz?” – “Com certeza. Afinal fui eu que solicitei um coadjutor”. Mesmo não sabendo quem viria, se já era ordenado ou não, importa é que o novo bispo vem em nome do Senhor. O Concílio Vaticano II reforça a antiga doutrina de que os bispos são sucessores dos Apóstolos. Portanto o bispo é sempre um enviado de Cristo.

dom-pedro-cunha-brasao-2012

Neste espírito de fé é que queremos acolher Dom Pedro Cunha Cruz, nosso bispo coadjutor. Seu lema diz tudo: “Servo de Jesus Cristo”. O do atual bispo é “Servir com alegria”. Com certeza ele vem imbuído do espírito do Servo de Deus, para colocar-se inteiramente a serviço do bom povo sul mineiro, nesta Igreja Particular da Campanha.

Dom Pedro, seja bem-vindo!
Que a Senhora do Carmo, nossa Padroeira, o cubra com seu manto maternal.

† Frei Diamantino Prata de Carvalho, ofm
Bispo da Diocese da Campanha

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s