Um convite e um mandamento de Jesus: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração”. Papa Francisco no Ângelus

Publicado em Atualizado em

A mansidão e a humildade de coração ajudam-nos não só a sabermos responsabilizar pelos outros, mas também a não sobrecarregar sobre eles os nossos preconceitos, as nossas críticas ou a nossa indiferença. Esta a mensagem do Papa Francisco à multidão de fiéis e peregrinos congregados na Praça S. Pedro esta manhã para assistirem ao Ângelus.

Partindo do convite de Jesus no Evangelho deste domingo: “Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei”, o Santo Padre recordou que esta mensagem de Jesus era essencialmente dirigida à todas as pessoas que Jesus encontrava diariamente pelas estradas da Galileia: tanta gente simples, diz o Papa, pobres, doentes, pecadores e marginalizados. Estas pessoas, disse ainda Papa Francisco, procuraram sempre jesus para ouvir a sua palavra, uma palavra de esperança e para tocar ainda que fosse só uma parte das suas vestes. Mas o próprio Jesus procurava estas pessoas, estas multidões cansadas e que vagueavam quotidianamente como ovelhas sem pastor, para lhes anunciar o Reino de Deus e para curar muitos no corpo e no espírito.

Daí, disse o Papa, o convite de Jesus se estende até aos nossos dias para atingir tantos irmãos e irmãs oprimidos pelas condições de vida precárias, pelas situações existenciais difíceis e às vezes privadas de válidos pontos de referência. <<Nos países pobres, mas também nas periferias dos países ricos, há tantas pessoas cansadas e exaustas, que vivem sob o peso insuportável do abandono e da indiferenciada. À margem da sociedade vivem tantos homens e mulheres provadas pela indigência, mas também pela insatisfação da vida e pela frustração. Muitos são obrigados a emigrar colocando em perigo a própria vida>>. À todas essas pessoas, recorda o Papa Francisco, Jesus promete hoje de dar refúgio, mas faz também um pedido que é ao mesmo tempo um imperativo e um mandamento: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração” .

<<eles os nossos preconceitos, as nossas críticas ou a nossa indiferença>>. O Papa Francisco concluiu o Ângelus pedindo mais uma vez aos presentes, de continuarem a rezar por Ele.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s