O Chamado de São José

Publicado em Atualizado em

Apesar de sua dor, José e Maria decide secretamente deixar nenhum dano à sua reputação; que é quando o Senhor, através do anjo, ele fala sobre sua vocação. Sendo como era justo, e não querendo desonrar ela, discutido em voz baixa. (Mt 1, 19)

Imagem

Missão de José

Ele passou muitas noites sem dormir. E isso tem sido difícil um sonho lhe custou muito sono. Tem sido frequentemente despertado e perseguia uma ideia: que ele sonhava com os homens na praça e estavam rindo dele.

Agora ele conseguiu adormecer em sua humilde cama, depois de pensar e pensar.

Acontece que José está enfrentando um tremendo dilema: ele sabe que Maria vai ser mãe, ele não pode duvidar; e também conhecido por ser puros e irrepreensíveis, não se pode duvidar. José suspendeu o julgamento.

Maria permanece em silêncio. Heroica sim em sofrer suspeita e desgraça antes de descobrir o segredo.

Ele está certo de que sua esposa vai ser mãe, eu disse a seus amigos no início, quando eles vieram para parabenizá-lo e ele ficou com um espinho amargo no coração. Ele diz que os moradores, que diz. Dizem os olhos. Cala, também sofre e não subestime.

Claro que a pureza imaculada da menina virgem, posso dizer que seus olhos claros, sua bondade, sua gentileza, sua personalidade forte. Há algo nela que é imposta, tão forte, tão vital, tão sobrenatural, que impede a conclusão dos olhos realmente a ensinar. Para ambos, é um grande teste.

Luta interna terrível que as pessoas não percebem. Tempestades angustiantes que homens comuns não entendem. Luta para furar quando empurrou todas as razões para o contrário. Santidade exige a prova.

Todo mundo pensa que ele é o pai. E ele não sabe. Sofrimento para o mistério, e respeita a situação.

A lei exige o apedrejamento mulheres adúlteras. Tão grande é o pecado! Mas ela não pode ser, nesse caso. No entanto, José não foi explicado. E sua luta espírito entre esses dois extremos que se afogam: a pureza de Maria é imposta, e que vai ser mãe. José suspende o julgamento.

Ele faz isso porque é certo, mas ele só tem razão para se sentir seriamente ofendido. E não se aplicar o remédio para dar cópias de seu divórcio, o que traria desaprovação pública de divorciado, preferindo-lhe em voz baixa, de modo a não prejudicar a sua reputação.

E nós tão rápido para concluir condenando. Preferimos pensar mal não enganar; mas melhor enganar muitas vezes pensando bem dos homens maus que já ruim considerando conceito errado de uma pessoa boa, porque neste caso não há lesão, o que não ocorre no primeiro.

Precisamos saber para parar o julgamento, e mesmo a linguagem, mesmo que a sua o mais lógico, a conclusão mais natural. Muitas vezes inocente contra aqueles que visam nossos testes, uma vez que, em qualquer caso ignorar razões pessoais para suas ações, o que pode justificar plenamente.

Pensar bem traz também uma grande paz de espírito e economiza muita amargura.

José para o julgamento sobre Maria, mas é assaltado a razões muito claras, mas essa situação vai produzindo ferida.

Decide fazer o que ele acha que é o melhor. É o julgamento feito em relação à sua conduta pessoal nessa situação. Você tem o seu próprio julgamento, depois de pensar e pensar . E o julgamento é um julgamento santo.

Um anjo do Senhor apareceu -lhe:

– José, filho de David, não tenho dúvidas de receber Maria como tua esposa, porque o que se concebeu em seu seio é do Espírito Santo…

Ele ordena que o nome a ser colocado para ele, e disse-lhe sua missão. José percebe que esses eventos a cumprir uma profecia. Às vezes a gente também chama experimento de desempenho em si, mesmo que foi feito em toda a justiça.

José tinha tomado a decisão de lágrimas, caridade e justiça. Ele chegou a esta conclusão por uma estrada dolorosa e Santa. Agora você está convidado a tornar o seu julgamento, para apresentá-lo. Seu julgamento é melhor fazer com a humanidade, mas não o melhor para os planos de Deus.

Renderização o próprio julgamento ao topo. Minha ideia é que ele é feito em toda a justiça e cuidado! Não é nem vulgar, nem imprudente! Eu respondo: Nem foi a de José.

É que um anjo disse-lhe! O anjo é uma criatura, e Deus tem muitas maneiras de advertir, para ensinar-nos que os nossos motivos estão errados. José deu o seu parecer sem demora e, ao acordar, ele fez o que o anjo do Senhor ordenou.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s