Homilia do Papa: Jesus é a luz que ilumina a escuridão

Publicado em Atualizado em

CIDADE DO VATICANO – Aqui está a tradução do Vaticano Inglês do texto preparado da homilia do Papa Francis para a noite de Natal Missa 24 de dezembro:

Papa Francis coloca uma estátua do bebê Jesus diante do altar da Basílica de São Pedro no início da Missa (CNS / Paul Haring)

1. “O povo que andava em trevas viu uma grande luz” (Is 9:1).

Esta profecia de Isaías nunca deixa de nos tocar, especialmente quando a ouvimos proclamado na liturgia da noite de Natal. Isto não é simplesmente uma questão emocional ou sentimental. Ele nos move porque afirma a profunda realidade do que somos: um povo que caminha, e todos ao nosso redor – e dentro de nós, bem como – há trevas e luz. Nesta noite, como o espírito das trevas envolve o mundo, não se dá de novo o evento, que sempre surpreende e nos surpreende: as pessoas que andam ver uma grande luz. A luz que nos faz refletir sobre este mistério: o mistério de andar e ver.

Andar a pé. Este verbo nos faz refletir sobre o curso da história, que longa jornada que é a história da salvação, a partir de Abraão, nosso pai na fé, a quem o Senhor chamou um dia para partir, sair de seu país para a terra que ele lhe mostraria.Daquele momento em diante, a nossa identidade como crentes tem sido a de um povo fazendo o seu caminho peregrino rumo à terra prometida. Esta história tem sido sempre acompanhado pelo Senhor! Ele é sempre fiel à sua aliança e às suas promessas. “Deus é luz, e nele não há trevas” (1 Jo 1:5). No entanto, por parte das pessoas há momentos de luz e escuridão, fidelidade e infidelidade, obediência e rebelião; vezes de ser um povo peregrino e tempos de ser um povo à deriva.

Em nossa história pessoal também, há dois momentos claros e escuros, luzes e sombras. Se amamos a Deus e aos nossos irmãos e irmãs, andarmos na luz, mas, se o nosso coração está fechado, se somos dominados pelo orgulho, engano, egoísmo, então a escuridão cai dentro de nós e ao nosso redor. “Aquele que odeia a seu irmão – escreve o apóstolo João – é na escuridão, ele anda nas trevas, e não sabe o caminho a percorrer, porque as trevas lhe cegaram os olhos” (1 Jo 2:11).

2. Nesta noite, como uma explosão de luz brilhante, não ressoa o anúncio do Apóstolo: “A graça de Deus foi revelado, e ele tornou a salvação possível para toda a raça humana” (Tt 2,11).

A graça que foi revelada em nosso mundo é Jesus, nascido da Virgem Maria, verdadeiro homem e verdadeiro Deus. Ele entrou em nossa história, ele compartilhou nossa jornada. Ele veio para nos libertar das trevas e nos conceda luz.Nele foi revelada a graça, a misericórdia eo amor terno do Pai: Jesus é o Amor encarnado. Ele não é simplesmente um mestre de sabedoria, ele não é um ideal pelo qual lutamos, sabendo que estamos irremediavelmente distante dele. Ele é o sentido da vida e da história, que armou a sua tenda no meio de nós.

A cena na Praça véspera de Natal de São Pedro antes da Missa apenas começou.  (CNS / Paul Haring)

3. Os pastores foram os primeiros a ver esta “tenda”, para receber a notícia do nascimento de Jesus. Eles foram os primeiros porque eles estavam entre os últimos, o pária. E eles foram os primeiros, porque eles estavam acordados, mantendo vigília da noite, guardando os seus rebanhos. Junto com eles, vamos fazer uma pausa antes da Criança, detenhamo-nos em silêncio. Junto com eles, damos graças ao Senhor por ter dado Jesus para nós, e com eles vamos levantar das profundezas de nosso coração os louvores de sua fidelidade: Nós vos bendizemos, Senhor Deus Altíssimo, que se abaixou para o nosso bem. Você é imenso, e você fez a si mesmo pequeno, você é rico e você fez a si mesmo pobre, você é todo-poderoso e fez-se vulnerável.

Nesta noite vamos compartilhar a alegria do Evangelho: Deus nos ama, que ele tanto ama-nos que ele nos deu seu Filho para ser nosso irmão, para ser luz em nossas trevas. Para nós, o Senhor repete: “Não tenhais medo!” (Lc 2:10). E eu também repito: Não tenha medo! Nosso Pai é paciente, ele nos ama, ele nos dá Jesus para nos guiar no caminho que leva para a terra prometida. Jesus é a luz que ilumina a escuridão. Ele é a nossa paz. Amém.

<

p style=”text-align:justify;”>Sources: CNS

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s